… lançado nesta última terça-feira (23), em Brasília, o projeto João Cidadão!!!,-)

João Cidadão (Foto: Gilberto Yamamoto/Gazeta do Povo)

O personagem João Cidadão, criado da Gazeta do Povo , vai ganhar projeção nacional em uma iniciativa do Ministério Público que pretende conscientizar jovens sobre direitos humanos e cidadania. O projeto foi lançado nesta última terça-feira (23), em Brasília.

A necessidade de levar às pessoas informações sobre seus direitos e deveres levou à criação do João Cidadão, personagem de um projeto da Gazeta do Povo em 2010. Em parceria com uma faculdade de Curitiba, a história de João foi contada em edições semanais do jornal. A novela sobre a vida de João retratou desde seu nascimento, com o direito à vida, passando pela infância e adolescência, com os direitos relacionados a essas fases, até chegar à vida adulta com as responsabilidades de trabalho e casamento. O personagem daquela campanha era feito de massinha e os cenários eram feitos de papel.

Andréa Sorgenfrei , editora-executiva responsável pelo projeto na época, explica que a ideia era “traduzir os direitos em uma história que as pessoas pudessem se identificar”. A iniciativa recebeu o Prêmio AMB de Jornalismo na categoria impresso regional.

Agora, Andréa diz que é muito gratificante ver que a ideia do João Cidadão está sendo adotada em um projeto nacional.

O promotor de Justiça Eduardo Cambi, do Ministério Público do Paraná, é um dos responsáveis pelo novo projeto e explica como será o desenvolvido. Confira nos tópicos:

Ideia

A partir da campanha Paraná Sem Corrupção, uma parceria do MP-PR, da Secretaria Educação do estado e do Grpcom, que existe desde 2012, tem se discutido temas relacionados à formação do cidadão. Surgiu, então, a ideia de uma campanha nacional e o João Cidadão foi aprovado pelo Conselho Nacional do Ministério Público (CNMP) como personagem

Nova versão

A população brasileira tem em sua composição 25% de jovens (15 a 29 anos). Com a proposta de um alternativa que utilize linguagens usuais dos jovens , João Cidadão será um garoto de 17 anos e agora passa a ser feito em Mangá. Outros dois personagens vão interagir com João: Wander Lei e Dora Promotora. Elementos da cultura Hip Hop também são adotados na campanha.

Temas

Assim como no João Cidadão inicial, esse novo projeto vai retratar diversos momentos da vida , desde o nascimento até a maturidade. Entre as questões abordadas estão violência doméstica, bullying e feminicídio. “O objetivo é fazer com que o personagem dialogue com a comunidade, participe do momento do país”, explica o promotor Eduardo Cambi.

Ações

João Cidadão terá uma página nas redes sociais e um hotsite onde o público vai poder tirar dúvidas e fazer denúncias. Também será feita divulgação em meios de comunicação e será editada uma revista sobre direitos, para ser distribuída em escolas públicas e particulares de todo o Brasil. Membros do MP também devem visitar as instituições de ensino para conversar sobre direitos.

Números

Apenas 33% da população conhece bem ou razoavelmente o MP. 90% dos jovens brasileiros reconhecem a necessidade de aumentar o respeito aos direitos humanos. Somente 13% deles gostaria de discutir o assunto com amigos. 91% dos jovens acreditam que podem mudar o mundo. 79% dos jovens brasileiros utilizam a internet e o Facebook é a rede social mais acessada.

Objetivo

Construir um canal comunicativo eficiente, com uma linguagem dinâmica e acessível, para abordar temas relacionados a direitos e deveres do cidadão. Divulgar a atuação do MP. O público alvo são jovens, seus pais e professores e a sociedade em geral.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: