…o ser Consciente…!!!,-) #feliznatal

images

…o…nível de consciência que o ser humano nasce é, por assim dizer, o maior nível que conhecemos, quer dizer se levarmos em conta que já nascemos nesse nível extraordinário, por isso elegemos a numeração de 33 para o consenso de que bebês ao nascer têm preferencialmente que apresentar a circunferência de 33 centímetros de diâmetro para a caixa cranial e/ou “cabeça”, por isso a recente epidemia de microcefalia fala tanto em “tamanho”…tamanho é documento? Em relação ao crânio humano, ou mais especificamente a sua ”massa cinzenta” e/ou  cérebro, a resposta é sim, todas as outras espécies de hominídeos desse planeta tem, tiveram, ou terão uma relação favorável ao seu desenvolvimento intelectual baseada no tamanho do cérebro, sendo assim nós os orgulhosos homo sapiens somos a espécie mais bem aparelhada nesse sentido, mas, se somos assim tão superiores porque ainda apresentamos um “modus operandi” primitivo como nossos parentes neandertais que nós supomos extintos? Por que ainda respondemos aos mesmos instintos básicos de sobrevivência quando já nos distanciamos anos luz tecnologicamente, artisticamente, culturalmente, socialmente,  cientificamente…enfim, porque ainda nos debatemos com os mesmos impasses que nos movia primitivamente? A resposta é simples: nós os seres humanos nascemos de uma espécie chamada homo sapiens que nos dadivou com esse extraordinário potencial do qual nós utilizamos uma quantidade ínfima para nossas tarefas e desenvolvimento, todo o grande poder dessa dádiva nos é negado o acesso pelo simples fato de desconhecermos isso… não completamente é claro, falamos muito em “consciência” apelamos para esse milagre constantemente, mas sabemos o que é isso? De onde vem isso? Para onde vai isso? Creio que existe muita informação por aí sobre isso e tudo mais, mas não vejo nenhum movimento que promova a consciência dos seres humanos integralmente, pois os governos corruptos, como o nosso inclusive, não apoiam a formação de seres conscientes por óbvias razões, por isso o ensino é tão maltratado em certos países do mundo… mas, felizmente ser consciente é cada vez mais possível em detrimento das condições do ensino regular formal, o caminho do meio como disse alguém, o caminho do meio no sentindo de dentro, dentro de si, de encontro aquela voz interior que sabemos estar lá e que se comunica conosco o tempo todo nos apoiando e/ou nos dizendo “cuidado”…isso tá errado…que coisa maravilhosa que você fez…enfim, por causa da sabedoria inerente a todo ser humano seja letrado ou não, todos temos essa voz da consciência que vamos ao longo da nossa jornada dando ouvidos ou deixando de escutar…isso por si só nos torna o que somos…promove nossas atitudes…seja quais forem elas…e…sem nenhum juízo de valor as qualifico, apenas o faço por pura constatação…se todos nascemos potencialmente já dotados de toda essa verdadeira maravilha do universo, o potencial mais almejado de todos os seres de todos os universos, a consciência, aquilo com o qual podemos chegar a saber de tudo como o Todo do qual fazemos parte e do qual carregamos essa centelha que nos torna imagem e semelhança do que “sabe” e sabe por que é o que tem que ser sabido, por isso criamos o arquétipo da divindade para representar toda a gloria do que poderemos nos tornar…se…somente se…soubermos…para se saber de algo prescindimos das condições de análise do assunto, objeto, ideia e/ou questão, que giram em torno das condições físicas da analise, de quem analisa e/ou do quê ou quem é analisado, se o questionante for inferior ao que for questionado, o resultado quase sempre se apresenta inconclusivo, se não sabemos da possibilidade de algo como a poderíamos detecta-la? Se não aventamos todas as possibilidades do processo analítico como poderíamos reconhecer algum “fenômeno” que acaso e por ventura resolva nos intrigar? Mas felizmente quanto a isso temos uma Habilidade realmente fenomenal que é cultivarmos a mente aberta, sabermos de nossa própria ignorância em algum nível nos torna através da humildade passível de crescer em consciência, o simples saber que nada sabe, como disse alguém… e …como acrescentarmos mais níveis de consciência? Isso é muito simples se colocássemos a questão como um jogo de vídeo game qualquer e qualquer um pode responder, é só completar tarefas… e… quais seriam elas? O processo meditativo em que os orientais se baseiam para esse fim não mais nos é possível com toda essa correria do dia a dia, tirar alguns minutos para ditar para você mesmo algum “estado” alterado com o uso de fonéticos mantras…mas a meditação esconde em si um principio que para os iniciados nela é um verdadeiro segredo de mestre, você aprende através do autocontrole exercitado ad nauseum com respiração e etc. e quando você se sentir capaz você pode passar a controlar todos os apectos da sua vida, eu disse “todos”, incluindo os mecanismos automáticos de sobrevivência do seu corpo, você já parou o que você estava fazendo para respirar? Claro que não, se até para o corpo isso é automático porque você se preocuparia com isso, pois saiba que somente alguns minutos por dia de respiração consciente, ou seja, você respira enquanto pensa saber estar respirando, sentindo o ar entrando renovando as células e saindo com o gás carbônico que se dissipa no ar em torno de você levando aquilo que não é mais necessário para sua sobrevivência mas que faz parte de alguma outra estrutura de vida…enfim, se você se der ao luxo de ter alguns momentos desse de pura consciência de ser e estar, inúmeros problemas do aparelho respiratório podem ser evitado pelo simples fato de que quando respiramos conscientemente o ar inalado tende a chegar mais profundamente nos alvéolos pulmonares promovendo a oxigenação completa do sistema respiratório, ao passo que na respiração automática somente a oxigenação superficial é feita…por isso não entendemos porque não fumantes tem mais chances de ter câncer que fumantes esporádicos…se levarmos essa “dica” ao extremo de realizarmos todas as funções corporais físicas conscientemente podemos perceber o menor sinal de aquecimento do corpo indicando que existe algum problema detectado, se estivermos suficientemente treinados conosco podemos até detectar algum problema em outra pessoa com o simples uso do toque, como alguns “médiuns” fazem por aí, e em vez de ensinar aos outros o seu “truque” preferem na melhor das hipóteses creditar a algum espirito não encarnado esse “milagre”. Observando nos constantemente como exercício da hora em que acordamos até a hora de dormir ou até mais além, tentar observar até durante o seu sono, sim com o uso de câmeras filmadoras para monitoramento e até aparelhos de averiguação das condições corporais não invasivos, para medição de pressão arterial, circulação sanguínea, etc. como se faz em sonoterapia e outros exames de distúrbios do sono, isso parece ser uma loucura mais te dá o completo conhecimento do teu corpo e consequentemente o controle, controle que se for exercitado como se deve pode chegar ao nível consciencial dos monges tibetanos que meditam nús nos lagos gelados apenas ditando para a mente a temperatura que ela deve perceber no exterior e consequentemente ambientar a percepção da realidade em torno de si…alguns super monges conseguem mover pedras imensas com o poder e controle da mente sobre as partículas…e…juram ter sido esse o recurso de construção dos monumentos mais notáveis erigidos nesse planeta e que ainda permanecem em pé a despeito de tudo e todos, as Piramides do Egito. Então como podemos querer, ambicionar essas dádivas da consciência se com um recurso ordinário como a web e as redes sociais nós seres humanos dotados do nível 33 de consciência do qual só utilizamos uma mísera parte é verdade, mas ainda assim dotados da possibilidade de expressão total do poder da criação que viu em nosso “arquétipo” a possibilidade de expansão da consciência por todo o universo como seres super ultra mega blaster evoluídos de uma espécie Sapiens…se com um recurso ordinário desses, como a web e redes sociais, nós só o utilizamos para o entretenimento vazio que nada acrescenta a nossa própria vida, nos aperfeiçoando na arte da agressão como meio de marcar território e/ou conquistar novas terras e/ou pessoas…ou seja ainda trabalhando com o pensamento retrogrado que vê na escravização do outro como a melhor forma de prover sua própria evolução, ou as condições necessárias para tanto, ainda com nosso primitivo modus operandi  nos debatemos com as mesmas questões tribais de local, propriedade e condições de sobrevivência, e olha que já deu para notar que já estamos muito distantes dos tempos em que morávamos em cavernas, não obstante ainda hoje temos seres iguais a nós que nunca deixaram esse tipo de habitat primitivo e, pasmem, a despeito das condições precárias registram um uso quantitativo superior da consciência, bem mais até que muito citadino de uma grande metrópole mundial…e… é por isso que vejo um equação bem simples e natural que nos coloca em cheque, enquanto espécie, já que nesse hiato civilizatório em que nascemos Homo Sapiens de dentro da barriga de seres menos privilegiados intelectualmente, mesmo que não aceitemos essa possibilidade por pura ignorância, já que nesse tempo que para nós é imenso mas para o universo é somente um atmo de tempo nós não nos dispusemos a averiguar outras possibilidades de evolução, e continuamos ignorando a maravilha de sermos sapiens com a divina vocação de cuidarmos do nosso jardim do éden onde a consciência brotaria nos seres que a reconheceriam como a maior de todas as dádivas divinas e assim vivendo por isso alcançaríamos todos os níveis do saber até nos tornarmos um com o todo…saberíamos o que houvesse de se saber …libertaríamos nos  da frágil forma física a que as leis naturais nos acondiciona e como nos sonhos dos nossos períodos de estado de repouso e/ou quando dormimos sobreviveremos movidos apenas pela consciência de ser e estar, não mais atrelados ao corpo físico que ao perecer leva junto a centelha que arde e torna a consciência possível em um ser, sim a cada nascimento e morte temos ai, todos nos, nossa chance de evolução da consciência, ao perecer o corpo ou morrer como preferimos se até esse tempo nós não conseguirmos utilizar todo nosso potencial de consciência inerente a nossa espécie…aí se dá a verdadeira morte…a morte da consciência encarnada que retorna ao infinito oceano de consciência que chamamos de DEUS…com infinitas tentativas de evolução e baseado no velho jogo de acerto, continua, erro, modifica, esse sistema de realidade em que operamos e /ou somos operados, que pode ser entendido como um sistema de retroalimentação, onde cada ser consciente contribui com sua visão consciente para a visão que o todo forma de si, onde cada ser consciente é somente um terminal coletor das suas próprias experiências vividas que reportadas ao arcabouço de experiências coletadas como sendo o caminho que a evolução deve seguir…ou… não, como disse alguém, ou seja a cada instante em que conscientemente chegamos a alguma conclusão sobre nós mesmos, nossa vida e o universo que nos cerca forma se aí uma possibilidade das infinitas existentes que sustentam a realidade comum a todos e tudo, subfracionada com o olhar íntimo comum de tudo e de todos…e… se por alguma razão desprezarmos essa dádiva como é óbvio que estamos fazendo enquanto espécie, subvertendo os valores reais e estimados pela vida consciente e em evolução, como os valores a serem adotados e substituídos por uma escala de valores onde a coisa mais importante de todas é um simples papel pintado, um cartão de plástico e/ou algum credito numerário em algum cadastro bancário qualquer…tudo a que se submete o ser humano tem no seu fim um único motivo: dinheiro…quando chegamos a esse nível total de inconsciência, por mérito próprio, digamos…quando chegamos a esse nível ralo e nos reconhecemos assim, podemos aceitar a epidemia de microcefalia como alguns profetas wébicos já começam a espalhar a plenos pulmões; que isso é a natureza arrependida com a oferta que nos fez tempos atrás quando Sapiens começamos a nascer de seres mais primitivos como os neandertais, agora nós sapiens daremos a luz a seres menos agraciados com os dons do intelecto…e… esse infortúnio será culpa de um mosquito que diz que tem um vírus capaz de regredir a evolução a que os Homo Sapiens foram submetidos, reduzindo a sua caixa craniana e consequentemente seu cérebro e capacidade intelectual para, talvez, a condição e patamar a que merecemos e/ou parecemos merecer e/ou pertencer…isso é realmente lamentável…mas se a consciência a sim o quer…assim será feito em honra e gloria ao todo, onde nós seres humanos somos somente um partícula ínfima e irrisória…felizmente!!!,-) #etenhodito

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: