As Bandas Britânicas Alternativas que mais ouço!!!,-) #lately

A nova cena underground

Fique tranquilo! Não precisa fechar a matéria pois não estamos aqui para citar as bandinhas mais conhecidas no mundo underground. Nossa intenção é  te levar a descobrir um novo horizonte musical,  pra você que até gosta, ou é fã com todas as letras de bandas como: Franz Ferdinad, Arctic Monkeys, Oasis e Muse, e ver o que esta bombando na cena underground britânica. Conheça esse novo cenário, com as cinco melhores bandas, realmente, alternativas, que farão até a Rainha levantar-se do trono, para curtir o bom e nada velho Rock and Roll!!!,-)

5º – ERLAND AND THE CARNIVAL

Não estamos falando de uma banda inglesa comum, com quatro caras adeptos do cabelo “tigelinha”, tentando fazer uma releitura clichê dos Beatles. Erland and the Carnival misturam até elementos de circo em seus shows e apresentações. O som da banda é uma mistura do rock psicodélico dos anos 60 e 70, com características do clássico folk. Simon Tong ( guitarra e voz), Erland Gawain Cooper  (guitarra e voz),David Nock (bateria e teclados), Andy Bruce (sintetizadores) e Danny Wheeler (guitarra) são famosos por seus arranjos contemporâneos, de inglês tradicional, mas com canções folclóricas como The Derby Ram,Gentle Gwen e a clássica My Name Is Carnival.
4º – THE PADDINGTONS
 
Outra Banda que vem chamando a atenção, já não é de hoje, é o The Panddingtons. A um bom tempo na cena underground, esses britânicos da cidade de Hull carregam o clássico som do indie britânico em suas músicas, com algumas referências do Punk. Tom Atkin (vocalista), Stuee Bevan (guitarrista), Josh Hubbard(guitarrista), Lloyd Dobbs (baixista) e Grant Dobbs (baterista) lançaram seu primeiro single em 2004 o “21”, de la pra cá a banda vem evoluindo mas sem se desligar do underground. Músicas como Sorry, e Panic Attack, são a marca registrada da banda.
3º – WHITE LIES
Da safra de 2007, ao melhor estilo punk rock revival, aparecem os londrinos do White Lies. O trio composto por : Harry McVeigh (vocal e guitarra), Charles Cave (baixo e vocal) e Jack Lawrence Brown(bateria), apareceram em 2009 na lista de honra da MOJO, uma respeitada revista de música do Reino Unido. Foram eleitos como a melhor banda pela Q Awards e pelo NME Awards, além de vencerem o MTV Europe Music Awards, também em 2009.
Bigger Than Us, To Lose My Life e Farewell To The Fairground são as músicas de maior destaque da banda, e umas das que recebem maior repercussão dentro da atual cena underground alternativa de Londres.
2º – THE VACCINES
 
Em português “As Vacinas”. É o nome, no mínimo estranho, que Justin Young (vocalista), Árni Hjörvar(baixista), Freddie Cowan (guitarrista) e Pete Robertson (baterista), escolheram para o The Vaccines. Uma banda de ótimas influências musicais, que vem aparecendo cada vez mais na cena underground britânica. Fundada no ano passado, por Young, o antigo Jay Jay Pistolet, de músicas como Always On My Way Back Home  e Hooked Up On Us, em parceria com Cowan, irmão mais novo de Tom do The Horrors, a jovem banda já aparece como um das principais bandas indie da atualidade.
O som deles tem inúmeras influências musicais, do rock and roll dos anos 50 e 60 ao hardcore americano dos anos 80, passando pelo punk rock dos anos 70. Realmente uma mistura de acordes e riffs, refletida nas músicas: A Lack Of Understanding,  Wreckin’ Bar (Ra Ra Ra) e  várias outras, que já fazem a cabeça dos londrinos. A banda ficou em terceiro lugar na premiação “Sounds of 2011” da BBC, perdendo apenas para Jessie J e James Blake. The Vaccines  já desembarcou  no Brasil, junto dos já consagrados The Strokes, para participar do festival Planeta Terra.
1º – THE FUTUREHEADS
 
Um dos melhores representantes do Indie Rock britânico, popularizados inicialmente pelo famoso disse me disse da população de Sunderland (cidade inglesa de origem da banda), que encantada com o som enérgico do rock vibrante tocado pelos integrantes do The Futureheads, os levou aos maiores status dentro da cena underground da terra da Rainha. A banda é composta por Barry Hyde(vocalista/guitarrista), Ross Millard (guitarrista e vocal de apoio), David “Jaff” Craig (baixista e vocal de apoio) e Dave Hyde (baterista/backing vocals). Eles se denominam como uma banda indie post-punk revival com influências como: Devo, Kate Bush, Queen, Fugazi e The Jam. A história deles é incrível, fizeram sua primeira apresentação em 2000, sem nenhuma divulgação, nem antes nem depois. O show foi um sucesso e em pouco tempo a fama da banda já havia se espalhado por Sunderland, .
A banda é responsável por hits como: Decent Days and Nights,  Area, Worry About it Later, The Beginning of the Twist, entre outros vários sucessos.
 
Crédito das imagens: Divulgação 

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: