…vc gosta de baladas caras…tipo “expensiv”…so…conheça a XS, considerada um dos mais caros clubs noturnos pra se curtir!!!,-)

 

xss

 

…dizem que não existe uma lista oficial das mais caras baladas do mundo… mas… tudo indica que a mais cara seja o clube XS, em Las Vegas, onde a reserva de uma mesa pode chegar a 20 mil reais( ta bom pra vc e sua verba para entretenimento semanal !!!,-) A dificuldade em apontar “A” balada mais cara vem do fato de que, em geral, nas casas chiques de verdade ninguém gasta um tostão para entrar – os V.I.Peeps milionários só pagam o que consumirem…alias costume de todo bom “night club” que se tem noticias nos lugares mais evoluidos do planeta…essa historia de caixinha de papelão e mocinhas modernosas na porta arrecadando o “cache” da atração da noite, vamos combinar, já entrega a situação do empreendimento…kkkk.. Bom nessa história de consumação, os milionários frequentadores do XS  pagam caro de verdade também… em um dos espaços mais top do mundo, a Les Caves du Roy, em saint-tropez na França, uma garrafa de champanhe custa quase 90 mil reais!!!,-) …já no Brasil, diz que o clube mais caro é o Blue Pepper, em São Paulo, onde um camarote pode sair por 10 mil reais ou mais…dependendo da lista de presenças vips que vc contratar pra, digamos, enfeitar seu “chic-eirinho”…se vc se contentar com as celebs do quinto escalão pra baixo, tipo donzelas frutadas e/ou ex de qualquer tipo inclusive participes de realitys…kkkk…sim, porque as verdadeiras celebs dos primeiros escalões não aceitam permutas nem grana para abrilhantarem um evento ou local com sua luz magnificente no máximo uma jóia, flores com sinceros agradecimentos no dia posterior a festa, costume que todo bom anfitrião deveria dispensar aos seus ilustres convivas…dinheiro em espécie somente para animadores e babás contratados para entreter e cuidar dos convidados da festa em questão…e…”garçons”…selecionei, então o que há de mais legal no universo das baladas e montei  a balada mais bacana do planeta… e, aqui, meu caro, você sabe que é  um verdadeiro V.I.Peep!!!;-)

 

SHOW BAR

A bebida é um espetáculo à parte. Em certas casas, o drinque é tão chique que é servido por seguranças. É o caso do Dazzle, coquetel de quase 100 mil reais… oferecido no menu do Second Floor Bar, em Nova York…e que ninguém até hoje sabe o gosto…kkkk…só o inspirado bar man amante do dono do hotel no qual funciona no “secon floor” o badalado lounge do “east village, people”…kkkk…diz que na receita, champanhe, morangos… e… um anel de ouro cravejado com diamantes, cortesia de um famoso, ou nem tanto, joalheiro em busca de reconhecimento pelo seu trabalho…não é por nada, colega, mais o dedo da Angelina Jolie funciona mais que o fundo de uma taça, mesmo que essa taça seja da Tiffany’s…ouviu bonequinha de luxo…pois o tal hotel só serve mesmo para breakfast…e…nem é na quinta avenida…kkkk!!!,-0

select peeps

…em se tratando dos clubes milionários, só entra quem tem o nome na lista (e, claro, muita grana no bolso!!!,-) a hostess, em geral uma top model “new face”desconhecida de carreira destruida por um comentário maldoso de um kaiser da moda qualquer, e isso só porque o “best male model” dele tipo se engraçou da moçoila do leste europeu…pode??? kkkk…então a dita garota seleciona a dedo os convidados, buscando manter uma proporção maior de mulheres no local…e…evitando qualquer persona com ares de mundinho fashion que non gratas sempre estão na aba de um deslumbrado qualquer… e…ai de quem descuidar da beca: se não estiver na estica, fica de fora…grifados seres não tentem blings piratas pra impressionar a hostess estagiou na De Biers….conhece como ninguém o brilho falso de fakes ricaços!!!;-)

pipi de luxo

…nos banheiros top, a balada segue até na hora do xixi… no Fine Line, em Minneapolis, telas de TV mostram tudo o que rola lá fora. Já no Spin, na mesma cidade, a porta transparente da cabine ganha uma tonalidade leitosa quando é fechada, escondendo tudo o que rola lá dentro…como se não soubéssemos  o que rola num reservado wc de boite…kkkk…ah, nã sabe??? então imagina que já está bom…kkkk…agora, bom mesmo é quando vc fecha a tal da porta mutante…soube inclusive que o Spin fechou prometendo reabrir…parece que a monitoração tipo NSA não “ornou” com o tipo de público alvo…eu avisei na “caixinha de sugestões” do lugar…kkkk!!!,-)

defeitos especiais

…no Sound Bar, em Chicago, além das já cansativas projeções de vídeos em telas suspensas no teto, a toda hora surgem hologramas no meio da galera na pista…de repente vc já fazendo a Gabi Amarantos, rica, bêba e doida, surge o Michael Jackson do seu lado…vc pensa “que legal” ai vc vê um batalhão de seguranças cercando o “holograma” que veste uma burca negra e some na multidão alucinada que ainda acha que a “dangerous” se morreu de anestésicos…kkkk…segundo uma amiga contumaz usuária de neosaudina: propofol não mata, só “amortece”…kkkk…  Já no Christian Audigier, em Las Vegas, o bar é iluminado por uma parede cheia de águas-vivas nadando sob luz negra…uma coisa espetacular…aliás ta aí um lugar que companhia não faz falta…se nada mais der certo na noite, pegue seu martini de 500 dolares e puxe uma conversa com um dos bar mens do balcão, a quinhetos dolares o martini sem a água do vidro das azeitonas, com a água custa 600 dolares, os rapazes nem se incomodam se vc puxar conversa e pergutar “a que horas vc larga o serviço”…e…enquanto vc espera o turno do escolhido terminar vc pode ficar bebericando seus bons drinks apreciando o balé das águas vivas do aquário!!!,-)

divertido e cultural

Na Home, em St. Louis, a galera pode até dar uma jogadinha no intervalo da azaração: em todos os camarotes rola um Xbox com uma penca de jogos…e uma galera jovial desencanada… já no Villa, em Hollywood, a distração extra é uma biblioteca cheia de clássicos – com uma passagem “top secret” para a área vip, of course, perfeita para uma escapulida durante a night, se é que vc me entende…kkkk!!!;-)

som da festa

….normalmente o sistema de som de casas poderosas na night é distribuído do centro para as bordas, de modo que as pessoas nos camarotes possam conversar numa boa enquanto a galera se esgoela na pista. ..e…em casas como a Pacha, de Nova York, caixas sob o piso aumentam os graves, fazendo literalmente o chãotremer no melhor estilo “caba não mundão”…kkkk!!!;-)

toque de midas

…no Back to Mine, no País de Gales, todo o consumo é registrado por meio da digital dos clientes milionários… e…na hora de pagar, basta colocar o rico dedinho no sensor …e, depois, a mão no bolso. E, se alguém bebe além da conta, uma limusine do clube leva o bebum bem-nascido, bem-ganho e/ou bem roubado, para casa…com direito a “valete de companhia” de brinde pra trocar suas roupas e te por pra dormir nos braços de morpheus…fala sério: dá até vontade de uma sessão coma alcohólico, não é mesmo??? kkkk!!!,-)

 

 

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: